fbpx

Existem inúmeros distúrbios alimentares causados por diversos fatores, que consequentemente prejudicam nosso organismo. Hoje iremos falar um pouco sobre a Diabulimia, transtorno alimentar que afeta a vida de milhares de mulheres.

Os transtornos alimentares são conhecidos por seus comportamentos específicos e pelos resultados negativos que causam. Os mais conhecidos são a anorexia e a bulimia.

No entanto, é importante falarmos também sobre a diabulimia, um transtorno alimentar menos comentado, mas que você precisa conhecer.

A Diabulimia pode ocorrer entre pessoas com diabetes do tipo 1 e ocasiona sérias complicações se não for diagnosticado e tratado de forma correta.

o que e diabulimia e como tratar - Diabulimia: Saiba O Que é Esse Transtorno Alimentar Que Afeta a Vida de Milhares de Mulheres

Para entender a diabulimia você precisa conhecer o conceito de bulimia

A bulimia é um transtorno alimentar que pode ser definido como sendo uma vontade incontrolável de comer, para, logo em seguida, ser tomado pelo desejo de eliminar o alimento ingerido.

A princípio, a pessoa que sofre de bulimia costuma provocar vômitos e fazer uso de laxantes de maneira nada saudável.

O resultado dessa prática é o emagrecimento rápido e doentio, podendo evoluir para danos irreversíveis na saúde do indivíduo.

Mas afinal, o que é a diabulimia então?

Quando a bulimia acomete pessoas com diabetes do tipo 1, ela passa a ser conhecida como diabulimia, palavra originada da junção de “diabetes” com “bulimia”.

No entanto, nesses casos, o indivíduo com diabetes reduz ou até mesmo elimina a aplicação da insulina de que necessita para cobrir o alimento.

Assim, o quadro de diabulimia está instalado quando a pessoa com diabetes, com receio de engordar pela crença de que o hormônio causa ganho de peso, passa a diminuir suas doses, por vezes eliminando-a totalmente, sem autorização médica.

Como resultado, o emagrecimento ocorre rapidamente por conta do descontrole glicêmico causado propositalmente, ocasionando graves consequências para o organismo.

Quais os sintomas desse transtorno alimentar?

Para identificar o distúrbio, listamos abaixo alguns dos principais sintomas desse transtorno alimentar:

  • Perda de peso frequente;
  • Hemoglobina glicada continuamente acima de 9%;
  • Sede persistente;
  • Excesso de urina;
  • Preocupação excessiva com a imagem corporal;
  • Alterações de humor, fadiga e depressão;
  • Omissão da aplicações de insulina e alimentação;
  • Infecções urinárias frequentes;

Além disso, dependendo da gravidade do caso, pode ocorrer desde insuficiência cardíaca, exaustão e falta de concentração.

Caso não seja feito o tratamento adequado, a diabulimia pode levar a consequências graves, como a amputação de membros e até a morte.

Quais as causas do transtorno alimentar diabulimia?

Em primeiro lugar, é importante frisar que, assim como a bulimia, as causas da diabulimia geralmente estão associadas a fatores psicológicos.

Esse transtorno alimentar é causado pela profunda vontade que a pessoa sente de emagrecer ou um medo incontrolável de engordar. Constantemente, esses dois fatores costumam estar associados.

A princípio, o que leva o indivíduo a esse quadro, são as pressões impostas pelos padrões estéticos, que fazem com que ele não se veja inserido nesses padrões, o que o coloca em uma constante tensão para emagrecer, fruto da insatisfação com a aparência de seu próprio corpo.

Baixa autoestima

Esse comportamento pode estar associado à baixa autoestima, esta por sua vez, sufocada ainda mais pelos padrões sociais de beleza que cultuam a magreza.

Por essa razão, a diabulimia acomete muito mais mulheres e, em especial, as meninas, uma vez que são muito mais pressionadas quanto à aparência.

Existem tratamentos para a diabulimia?

Por ser um transtorno alimentar causado por fatores psicológicos, a diabulimia pode ser tratada por meio da psicoterapia, em que o terapeuta auxiliará o paciente a compreender o impacto do distúrbio e como controlar o peso. Desse modo, isso inclui práticas saudáveis como exercícios físicos e regulação alimentar.

No entanto, em casos mais graves, é necessário o uso de medicamentos prescritos por um especialista e até mesmo a internação do indivíduo, para recuperar a saúde normal.

Conclusão

Apesar de provocar o emagrecimento de forma rápida, é importante que você saiba que esses métodos como provocar vômitos ou utilizar laxantes não são métodos saudáveis.

Existem inúmeras formas de emagrecer de forma natural e harmônica. Confira nossas dicas no blog.

Amochá, o Melhor Chá para Melhora da Saúde, Desinchar e Aumento do Metabolismo

O Amochá surgiu do amor pelo chá, que motivou uma procura pelo mundo em busca de produtos da mais alta qualidade. Formando um produto inédito com uma fórmula exclusiva de 9 ingredientes, a fim de trazer vários benefícios a saúde dos usuários.

O chá é formado por 9 ingredientes: chá verde, carqueja, hibisco, mate verde, guaraná, hortelã, gengibre, pimenta e folha de estévia. Cada um dos ingredientes foi pensado e escolhido para trazer vários benefícios à saúde de quem bebe.

Entre os benefícios do Amochá estão: aceleração do metabolismo, queima de gordura, ação diurética, ação termogênica, melhora energia e disposição, poder anti-inflamatórios e antioxidantes, ajuda na digestão e protege o intestino.

Compre já o seu Amochá, clicando no botão abaixo, e comece a ter ainda mais qualidade de vida!